Tag

Featured

Navegando

Talvez você já tenha ouvido falar em Turismo Sustentável, que é uma prática cada vez mais comum nos dias de hoje. Uma vez que o Brasil é considerado o país com a maior biodiversidade do mundo, conforme você pode verificar no site do Ministério do Meio Ambiente

O nosso país tem 8,5 km², ou seja, tem proporções continentais. Assim, abrigando seis biomas em seu território e uma enorme diversidade e grandes variações climáticas e ecológicas. 

Assim sendo, o turismo sustentável se faz essencial para que possamos conhecer o nosso país. Atendendo não apenas as nossas necessidades enquanto turistas, como também preservando a fauna, flora e comunidade local. Objetivando que o lugar mantenha os seus encantos, fazendo com que nós tenhamos uma interação não nociva.

A Preservação Relacionada ao Turismo

As formas de turismo conhecidas como ecoturismo ou turismo ecológico tem crescido significadamente nos últimos anos. Além de estreitar os laços dos viajantes com a natureza, esse tipo de turismo, quando feito da forma correta, não apenas garante uma convivência harmoniosa com as áreas preservadas; como auxilia imensamente na preservação ambiental.

Isso faz do turismo um grande aliado da preservação. Diferente do que muitos podem pensar, um ambiente preservado não necessariamente é um ambiente intocado. Com a visitação, os lugares recebem recursos para se manter. O que, além de retornar a renda para a população local, traz recursos econômicos que podem ser investidos na manutenção e preservação.

Dessa forma, a convivência com a natureza de forma turística é essencial para a conservação. Uma vez que não apenas gera recursos, o ecoturismo é uma forma de conscientização

E isso acontece porque, como eu falei no post sobre a exploração turística de animais, nem sempre os turistas sabem o mal que estão fazendo com certas práticas. Muitas vezes as pessoas não tem informações o suficiente sobre os lugares que visitam.

Então, quanto mais lugares se propuserem a conscientizar, a mostrar ao turista a beleza e a importância daquele lugar, teremos mais pessoas cientes do valor da preservação.

Exemplos de Turismo Sustentável no Brasil

Taipu de Fora – Península de Maraú

Uma vez que o nosso país é muito rico em biodiversidade, antes mesmo de a sustentabilidade ganhar a visibilidade e importância que tem nos dias de hoje, já existiam alguns exemplos de Turismo Sustentável no Brasil. 

Mas isso não significa que nós não tenhamos o que melhorar. Nós temos muito no que investir, inclusive, saber aproveitar melhor da nossa riqueza em biodiversidade e diversidade cultural é essencial, assim como o reconhecimento da importância do turismo. 

7 destinos que são exemplos do Turismo Sustentável:

  • Bonito – MS: eleito em 2013 como melhor destino sustentável do planeta, conta até com um limite de turistas no local para que o ambiente não sinta impacto.
  • Fernando de Noronha – CE: um dos destinos mais paradisíacos do país, conta com uma usina solar que abastece parte da eletricidade local. Além de serem consumidos alimentos de fora da ilha.
  • Costa do Descobrimento – BA: uma área com 165 km de extensão costeira no sul da Bahia. Repleta de praias paradisíacas e o patrimônio histórico relacionado ao Descobrimento do Brasil.
  • Maraú – BA: uma cidade litorânea na Bahia com praias e piscinas naturais lindíssimas, entre Morro de São Paulo e Itacaré.
  •  Costa da Baleia – BA: no extremo sul da Bahia, conta com grandes extensões de praias, rios, manguezais, restingas e vegetação exuberante e nativa. Além de ser formada por parques nacionais marinhos onde se encontram baleias jubartes.
  • Gramado – RS: principal destino do país no Inverno, também recebe o Festival do Cinema e o Natal de Luz. Nas escolas tem a disciplina de Turismo, essencial para a economia da cidade.
  • Chapada Diamantina – BA: dotada de riqueza de paisagens, contando com formações rochosas, cachoeiras, poços, cavernas, lagoas, entre outros. Além disso, é importante para a história nacional, como o de exploração do garimpo nos séculos XVII ao XIX.

Turista Sustentável – Que Marcas Você Quer Deixar No Planeta?

Turismo Sustentável PRAIA
Turismo Sustentável

Não só de destinos específicos que se faz a preservação turística, é muito importante que os próprios turistas busquem práticas sustentáveis. Aliás, isso pode (e deve!) ser praticado em qualquer lugar que você for.

Então é possível incluir mais sustentabilidade em sua próxima viagem, buscando diminuir os impactos negativos ambientais e culturais.

Para quem deseja fazer isso, procure se lembrar das seguintes dicas:
  • Respeite o Meio-Ambiente: jogue o lixo no lugar certo, não leve nada do meio ambiente (como pedras, conchas, corais…). Não alimente os animais de estimação ou se aproxime (ou os ameace de qualquer forma) e, sobretudo, não os tire de seu habitat natural ou compre animais exóticos, isso é crime!
  • Não Vandalize: Monumentos, edifícios históricos, rochas, árvores… eles são todos patrimônios da humanidade e devem ser preservados para que outras pessoas tenham o direito de ver, assim como você. Então não risque, pinte, escreva, deixe-os como estão.
  • Respeite o Patrimônio e a Cultura Local: saiba as normas das visitação dos espaços e as respeite. Então seja cordial com os costumes e tradições locais, ser diferentes dos seus não os faz certo ou errado, apenas diferentes.
  • Cuidado Com as Praias: por ser um local muito comum de visitar, muitos não sabem como cuidar. Não pise em corais, eles não são pedras, são organismos vivos que ficam expostos quando a maré baixa, mas continuam vivos e fazendo parte do ecossistema local. Algas não são sujeira!

Lembre- se :

  • Não alimente peixes.
  • Algas não são sujeiras.
  • Corais não são pedras.
  • Não toque em animais.
  • Não escreva em pedras.

“PARA QUE O MEIO AMBIENTE NÃO DEIXE DE EXISTIR, LEMBRE-SE DE NÃO POLUIR!”

(Igor Morais)

http://viagemcombeth.com/2018/11/roteiro-chapada-diamantina-cachoeira-donana-e-poco-da-judite/
VIAJAR BARATO PELO BRASIL

Viajar pelo Brasil é algo que muitos consideram um sonho impossível, seja pela falta de tempo ou, em muitos casos, por conta dos custos. O que muitos ainda não sabem é que é possível sim fazer uma viagem que cabe no orçamento e conhecer as belezas desse nosso país.

Então pode preparar a mochila para aquela trilha, praia paradisíaca ou cidadezinha charmosa que você tanto quer! E, para isso, aqui vão as dicas para viajar barato pelo Brasil.

10 DICAS PARA TRILHEIROS INICIANTES

1. Reveja as Suas Prioridades

Se viajar é o que você quer, então é hora de priorizar isso para se adequar ao orçamento. Primeiro, saiba para onde o seu dinheiro vai todo mês. Você pode fazer uma planilha de gastos no computador, ou optar pela moda antiga e anotar tudo num caderninho.

Desde que saiba que importante é que você registre em algum lugar com o que você gasta, como mercado, transporte, despesas da casa, plano de saúde, saídas, etc.

Uma vez que você já sabe para onde tem ido o seu dinheiro, é hora de estabelecer o que é essencial. É possível reduzir os gastos no mercado? Você precisa mesmo sair o tanto de vezes que sai no mês?

Priorizar a viagem se trata, também, de cortar algumas coisas mais supérfluas da sua vida. Pode parecer difícil, mas se você ama viajar, assim como eu, vai perceber que conhecer os lugares e viver novas culturas é uma recompensa mais que válida.

2. Viajar Pelo Brasil – Hospedagem

Esse é o tópico que tanto assusta os aspirantes a viajantes, e uma vez desvendado esse mistério, pode colocar o sorriso no rosto e a mochila nas costas para se aventurar pelo país.

Quartos de hotel e de pousada podem, de fato, ser um tanto quanto custosos, mas eles não são a única opção de hospedagem numa viagem.

Uma opção que me agrada muito é o Airbnb, e que eu uso bastante. Para usar é bem simples, basta acessar o site ou baixar o aplicativo, e pesquisar a cidade que você pretende ir, com as preferências que desejar.

O Airbnb costuma ser mais barato que quartos de hotel, podendo ser o aluguel de um quarto na casa de uma pessoa, um kitnet, dentre outras opções que você pode escolher. É seguro, e se houver algum problema durante a estadia, tem como avaliar o anfitrião e reportar qualquer coisa.

Caso você queira viajar de graça, existem algumas plataformas que te auxiliam nisso, mas você pode perder alguma privacidade ou abrir mão de algumas coisas.

O couchsurfer, por exemplo, tem a ideia de que você empreste o seu “sofá” (que pode ser realmente um sofá ou um quarto, depende) para o visitante dormir.

Essa é uma maneira mais comum para viajar internacionalmente, mas também funciona a nível nacional. A parte boa é que você vai ficar com locais e pode aproveitar algumas dicas de roteiros do lugar, além de poder fazer boas amizades.

Já no Worldpackers, você trabalha cerca de 4h por dia em alguma coisa que o hostel precise, e recebe a hospedagem em troca. Assim, os trabalhos são variados, pode ser em reforma, pintura de parede, recepção, jardinagem, limpeza… Dessa forma você divide o quarto com os outros trabalhadores do lugar, que também é uma ótima forma de fazer amizades.

3. Transporte Viajar Pelo Brasil

Agora que você já sabe o seu destino, e onde vai se hospedar, é hora de saber como chegar lá. E existe a possibilidade de você chegar de graça!

Segundo a constituição, todo cidadão brasileiro tem direito a viajar num dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), desde que haja disponibilidade de vagas e destino ao lugar requerido.

Para viajar em território nacional, basta acessar o site da FAB e se inscrever pelo Correio Aéreo Nacional da localidade onde deseja embarcar. Para saber se a sua cidade, ou alguma cidade próxima, está na lista, basta clicar aqui.

Uma alternativa para quem viaja de ônibus, é usar o aplicativo Buser, que promete viagens com 60% de desconto. A ideia é que você encontre pessoas interessadas em fazer uma viagem com destino e data, assim, em vez de comprar passagens individuais, as pessoas fretam um ônibus inteiro.

Quanto mais pessoas viajarem, mais barato fica para cada um. O próprio app cuida da contratação do motorista e do veículo.

Outra opção de transporte são as caronas. No facebook existem diversos grupos de carona, você pode procurar um da sua cidade ou região, participar do grupo e começar a procurar o transporte. Existem também aplicativos de carona, como o BlaBlaCar e o Waze Carpool.

Se você prefere ir com o seu carro e tiver um ou mais assentos vazios, saiba que as caronas também são uma opção. Isso por que, além de ajudar alguém a chegar ao seu destino economizando, você também economiza um pouco, já que o carro está indo para o lugar, com ou sem aquele assento ocupado.

7 DICAS PARA MULHERES VIAJANTES DE CARRO

4. O Que Fazer

Geralmente o ponto alto das viagens são as atrações turísticas. Então para auxiliar nisso, você tem, por lei, direito a meia entrada em teatros, cinemas e eventos culturais, educacionais, científicos, esportivos e de lazer caso você faça parte de algum dos seguintes grupos:

  • Estudantes;
  • Idosos;
  • Pessoas com deficiência;
  • Jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes (Lei Federal 12.933/2013);
  • Alguns estados têm descontos para alguns profissionais, como professores, você pode pesquisar quais, dependendo do estado em que você vai fazer a viagem;
  • Doadores de sangue, basta apresentar carteira de doador e RG, além de fazer um mínimo de três doações de sangue no prazo de um ano.

Esse último tópico é uma opção muito interessante, já que a maioria das pessoas pode doar sangue. E como no Brasil apenas 1,6% da população é doador, esse foi o método encontrado para incentivar os cidadãos.

Quanto aos pontos turísticos, sempre pesquise os preços. Tente fazer o máximo de coisas gratuitas que puder, e, se não couber no orçamento todas as atrações pagas, procure saber mais sobre os lugares e priorize os que forem mais interessantes para você. Assim, não fica aquela sensação de que o dinheiro foi gasto em vão.

Em algumas atrações, existe um dia da semana em que o valor é mais em conta, ou até em que o valor de dias comuns para fins de semana e feriados muda. Então procure se informar no site da atração, página do facebook, perfil do instagram ou até ligando pra lá mesmo.

5. Transporte Durante a Viagem

Esse tópico é sobre como você vai se locomover dentro da cidade. Então, se você estiver indo a cidades maiores, com alguma organização, talvez valha a pena apostar no transporte público.

Não precisa nem ser no trajeto inteiro, se a atração for muito longe você pode, por exemplo, pegar um ônibus ou metrô até um lugar mais próximo, e de lá pedir um carro. Ou uma outra opção para as cidades maiores são os apps de carona.

No caso dos carros particulares e táxis, é importante ter mais de uma opção de aplicativo instalado no celular, assim você pode comparar os preços e optar pelo mais barato. Além disso, você pode pesquisar em sites de cupons e utilizá-los para ter desconto nos aplicativos.

No caso de cidades menores, descubra como os moradores se locomovem, talvez você consiga fazer a maioria das coisas a pé, alugando uma bicicleta ou chamando um moto táxi.

6. Viajar Pelo Brasil – O Que e Onde Comer

A menos que seja extremamente importante para você comer em lugares caros, prefira comer em casa. Aliás, se você se hospedar pelo Airbnb, provavelmente terá acesso a cozinha.

Então descubra um mercado próximo e busque comprar algumas coisas para comer enquanto estiver em casa e lanches para levar nos passeios.

Já no caso de lugares que dão o café da manhã, faça essa refeição. Se você não curte comer logo que acorda, tente levantar um pouco mais cedo, assim, você se alimenta bem e economiza algum dinheiro que pode ser usado para passeios.

7. Para Estudantes ou Jovens de 15 a 29 Anos

Uma dica para os estudantes: andem sempre com a carteirinha de estudante ou o documento que for aceito como comprovante, e que usem. Existem lojas e alguns estabelecimentos dão desconto se você apresentar a carteirinha, então não custa perguntar se tem desconto para estudante, você só tem a ganhar!

Além disso, não é só durante a viagem, se for fazer compras em livrarias, papelarias, rodoviárias… Pergunte, esse dinheiro economizado já pode ser investido em viagens.

Agora para os jovens de 15 a 29 anos (não só estudantes) que pertencem a famílias com até 2 salários-mínimos mensais, existe a ID Jovem, que garante meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos, como teatros, shows, cinemas, museus, etc.

Além disso, são reservadas duas vagas em cada viagem num veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros. Para garantir o benefício do transporte, é bom reservar as passagens com antecedência.

Para mais informações sobre esse benefício, acesse o site do ID Jovem.

Assim, com essas dicas, você vai conseguir viajar muito mais barato e conhecer esse nosso Brasil lindo e cheio de atrações incríveis. Então comenta aqui em baixo quais dicas você mais gostou e se tiver mais alguma, pode compartilhar!

E aí, qual vai ser a sua próxima viagem?

Antes de começar o post e te dar todas as dicas para viajar de carro com o seu dog, vamos a uma pergunta: O seu cão gosta de viajar de carro? Se não, isso não é um problema. Existem cachorros que não se sentem confortáveis em passar tanto tempo dentro de um carro. Assim, sabendo disso você pode agir, e seguindo as dicas desse post, pode ter a melhor viagem de carro possível com o seu bichinho. E o melhor, sem gerar estresse pra ele.

Um novo recomeço!

SOBRE MARCAS…

TODAS AS PESSOAS QUE PASSAM POR NOSSAS VIDAS,

DEIXAM MARCAS NUM IR E VIR INFINITO,

MARCAS QUE FICAM PRA SEMPRE, MARCAS QUE SE APAGAM, 

MAS QUE NÃO APAGAM HISTÓRIAS,

MARCAS DE AMOR, MARCAS DE SAUDADES,

DIANTE DE TANTAS COISAS QUE NÃO PUDE EVITAR,

EU ENCONTREI EM UM CÃO UM ABRIGO ATÉ A TEMPESTADE PASSAR,

MAS PREFIRO TER MARCAS DA VIDA, DO QUE NUNCA TER SONHADO,

DO QUE NUNCA TER TENTADO,

PREFIRO MARCAS DE PELOS NA ROUPA, 

MARCAS NA ALMA TATUADAS EM MEU CORPO,

MARCAS QUE AS VIAGENS MARCAM,

E A ÚNICA MARCA QUE QUEREMOS DEIXAR É DE AMAR E DE AMOR.

( Beth Crisko )

E VOCÊ QUE MARCAS QUER DEIXAR?

História de mãe para filho

Era janeiro de 2016, retornávamos para casa após um ano de estadia na cidade de Recife e fomos ao Rio de Janeiro, minha cidade natal, para que meu filho na época com 8 anos pudesse conhecer um pouco da cidade da mãe. No Rio, como é comum no mês de janeiro, choveu demais e tínhamos apenas 4 dias. Os grandes pontos turísticos como Pão de Açúcar, Corcovado e Praia de Copacabana, dado os dias cinzas e a chuva forte, não podiam ser visitados. Mudamos a programação para o que chamo retorno à infância da mãe, (viagem na infância).

Dicas tirar fotos instagram  - Beth e Nina Dog

Você viajou para um lugar lindo, ensaiou as melhores poses, fotografou tudo e já até pensou em como organizar as fotos no seu Instagram, mas chegou na hora de postar as fotos e elas não retratam a beleza da viagem em si? 

Se você se identifica com essa situação, acredite: você não é o único. Mas aqui vai uma boa notícia – esse post está recheado de dicas que te ajudarão a tirar as melhores fotos incríveis de viagens para o seu Instagram!

Antes de tudo, você sabe como investir na fotografia? E não, não é só sobre comprar lentes e acessórios caros, e sim entender melhor os aspectos da fotografia, tanto na parte teórica, quanto na parte material. Em ambos os casos, você pode investir de forma efetiva gastando muito pouco ou nada!

Investindo na Teoria – Aproveite o Instagram

Araripe - Ba
Araripe- BA

Se você já segue perfis de viagem e presta atenção nas fotos que outras pessoas postam, você está investindo em conhecimentos de fotografia. Afinal, saber do que você gosta numa foto é essencial na hora de fazer o clique perfeito, então use o Instagram ao seu favor!

Sejam retratos ou paisagens, analise as fotos que te agradam. Veja de onde vem a luz, como a imagem se distribui na tela, se tem algo particular que chama a atenção, como a pessoa se posiciona em relação ao lugar e à luz, observe as poses e tudo que te faz gostar da imagem. Você pode até pesquisar o destino da sua viagem e ver como as pessoas tiram fotos lá. A ideia não é copiar as fotos, mas buscar alguma inspiração.

Existem milhares de cursos de fotografia disponíveis na web, dos mais variados preços e com os mais variados focos. Eles são de fato, muito interessantes, mas se por enquanto eles não são uma opção, não desanime!

Com a quantidade de informação disponível online, não falta material e dicas como essas aqui, que podem te ajudar a fotografar muito melhor. Um conselho muito importante em relação a essas dicas é coloca-las na prática. Experimente tudo, veja o que funciona para você, e se não funcionar, você sempre pode pesquisar um pouco mais!

Investindo na Prática – Conhecendo o seu Equipamento

Antes de pensar em comprar mil e uma coisas para usar nas fotos, é essencial que você conheça o que já tem em mãos, assim você poderá usar o máximo do que o seu equipamento pode oferecer. Então, aqui vão algumas dicas de como aprimorar os seus cliques de viagem para o Instagram sem precisar trocar o dispositivo!

Cuidados Com As Lentes

Estar com tudo limpinho é essencial. Comece limpando a câmera, o celular, por exemplo, é um dispositivo que fica em constante contato com as nossas mãos, e daí podem surgir marcas de dedos na lente.

Uma lente suja resulta numa foto embaçada. Para limpar a lente, use o pano mais macio que você encontrar, fazendo movimentos circulares e evitando apertar. O ideal é ter uma flanela reservada para isso, mas você pode usar uma camiseta.

Se a lente do celular ou câmera estiver arranhada, a foto pode sair embaçada mesmo depois de limpar. Então, tente usar capinhas protetoras ou case, no caso da câmera, e sempre evite deixar o dispositivo próximo a objetos pontiagudos, como chaves ou canetas.

Armazenamento e Bateria

Parece uma dica boba, mas é sempre bom estar atento. Para evitar imprevistos, na noite anterior ao passeio, se certifique de que a bateria do dispositivo esteja cheia e, se você tiver uma bateria extra ou um daqueles carregadores portáteis, leve com você.

Quanto ao armazenamento, verifique se tem o suficiente para fazer as fotos e vídeos que você deseja – quanto mais espaço, melhor. Caso não tenha, você pode apagar alguns arquivos e aplicativos que não usa ou que possam ser reinstalados depois da viagem. Ou transferir os seus arquivos para um computador ou para a nuvem.

Encontre o Cenário Ideal Para a Foto do Instagram

Agora que a lente está limpa, os cuidados estão em dias, a memória está livre e a bateria cheia, é hora de escolher o cenário para a sua foto! Cuide muito bem do que vai aparecer em sua foto de viagem. Tanto em ambientes urbanos quanto naturais, se certifique de estar a uma distância boa para enquadrar o que você quer fotografar por inteiro.

Se não for possível, tente se abaixar e fotografar de baixo para cima. Sempre prestando atenção em todos os detalhes que aparecem na sua foto. Uma praia limpa fica muito mais bonita, inclusive na foto. Então, se houver lixo no seu cenário, você pode recolher e colocar numa sacola, mesmo que você não tenha sujado. Assim, além de garantir uma foto linda, você ajuda a preservar o meio ambiente.

Iluminação é Tudo

Eu sei, sim, você já deve ter se cansado de ouvir isso. Mas o fato é que uma boa iluminação faz toda a diferença. O ideal é sempre utilizar uma luz natural e se for necessário fotografar de costas para a luz, evitar que as pessoas ou objetos saiam “faltando pedaços” por causa da luz.

O flash é um recurso para ser utilizado somente em último caso, já que ele pode deixar a imagem um pouco artificial. Em ambientes com pouca iluminação, tente configurar a câmera de acordo com as próximas dicas antes de ligar o flash.

Tome cuidado com sombras indesejadas. Numa selfie, por exemplo, tenha cuidado para que a sombra do seu braço não cubra parte do seu rosto, a não ser que essa seja a sua intenção.

Investindo na Prática – Configurando a Câmera

O modo automático da câmera realmente salva vidas quando se trata de adaptabilidade, mas se você quer algo mais específico, entender um pouco e configurar a câmera ou celular manualmente fará com que as suas fotos para o Instagram fiquem ainda melhores.

ISSO (International Standarts Organization)

ISO é uma medida que indica a sensibilidade do equipamento à luz. Quanto maior, mais luz é percebida pelo sensor da câmera, o que pode deixar a imagem granulada e/ou com a luz estourada. Por isso, configure o aparelho levando em conta a iluminação local, quanto menos luz, maior deve ser o ISO.

Velocidade do Obturador

De forma bem simplificada, é a velocidade com que a imagem é fotografada. Ou seja, uma velocidade alta permite congelar objetos em movimento, ideal para fotografar viagens que envolvam esportes ou animais e crianças. Uma velocidade mais lenta aumenta a chance de borrões na foto, pois fotografa uma pequena trajetória.

Grades da Câmera

Talvez você não saiba, mas um método que ajuda muito no enquadramento da imagem são as grades da câmera. Esse recurso está disponível na maioria das câmeras e celulares, e pode ser ativado nas configurações. 

Com as grades, você pode alinhar a imagem para dar destaque a algo específico, se atentar à simetria da foto e à linha do horizonte. Essa regra é válida tanto para fotos do lugar quanto retratos, ajudando bastante a evitar cortar o topo da cabeça ou cabelo e os pés da fotografia.

Edição de Imagens para o Instagram

Não são só aplicativos pagos que fazem boas edições. Existem diversas opções disponíveis na loja do seu smartphone, mas se você prefere não baixar um, pode usar o próprio Instagram. Ajustar o brilho e o contraste ajudarão a balancear a sua foto, enquanto a temperatura pode dar um aspecto ensolarado. 

Estrutura e nitidez servem para melhorar a nitidez da foto, mas tenha cuidado para não deixar muito granulado. Existem várias funções e é importante ir testando, pois cada imagem pede um tratamento diferente.

Criatividade é o Forte do Instagram

Dicas tirar fotos instagram - Beth e Nina dog

Por fim, mas não menos importante, use a sua criatividade! Teste diferentes ângulos e enquadramentos, de longe, de perto… Use os conhecimentos que você adquiriu sobre fotografia na prática, e você logo verá que as fotos ficaram cada vez melhores. Vá testando com diversos equipamentos, mas importante é começar com o que você já tem, até mesmo seu celular, uma foto incrível vai além de uma câmera profissional, coloque sua criatividade pra fora.

DICAS DE COMO TIRAR FOTOS SOZINHA

INSTAGRAM: BETH CRISKO | NINA DOG